Patchwork

O que é Patchwork?

Definição e origem

Para fazer uma definição perfeita de Patchwork, temos que olhar para trás alguns anos. Em seus primórdios, baseava-se em juntar certos pedaços de pano, para formar um único. Essa técnica também foi usada para fazer certos remendos nos tecidos, como um remendo, e continuar usando-os. Embora este tenha sido o seu início, é verdade que, aos poucos, a finalidade da técnica foi se aperfeiçoando. Tanto que o que começou como um patch se tornou uma das grandes técnicas decorativas.

O termo Patchwork é a união de duas palavras de origem inglesa: Patch+Work (remendar e trabalhar). Como você certamente sabe, é uma técnica têxtil, ou forma de costura, que une diferentes tipos de tecidos e em cores muito variadas.

A verdade é que você não pode colocar uma data de nascimento no Patchwork. Esta é uma técnica muito antiga.. Tanto que um deles foi encontrado no Egito, no túmulo de uma rainha, no ano de 980 aC Também nos séculos V e VI aC foi encontrada uma sela com este acabamento. Enquanto no Iac era um tapete que incorporava um acabamento acolchoado e estampado, além de costura.

O desenvolvimento do Patchwork

Aos poucos essa técnica foi sendo utilizada em várias partes do mundo. Norte da África, Síria ou Índia foram alguns dos pioneiros. Até chegar à Europa, um pouco mais tarde do que os que mencionamos, por volta do século XI. Quando começou a funcionar na Europa tinha um propósito muito claro: a decoração.

Embora as aplicações de quilting já fossem usadas na Europa, parece que a chegada do Patchwork deu uma grande guinada, pois todos estavam admirando sua grande beleza. Não era adequado apenas para roupas de cama, mas também para certas tapeçarias e bandeiras. No século XNUMX, uma variedade de quilting foi desenvolvida na Itália. Ele foi chamado de 'trapunto acolchoado'. Não são mais do que duas camadas de tecido com as quais são feitos os desenhos em forma de bainha. Ressalta-se a importância do estofamento, pois era utilizado como tipo de proteção. Os soldados vieram se proteger graças a esses acolchoamentos.

Hoje em dia É uma das técnicas mais utilizadas na hora de fazer roupas de cama.. Tanto edredões como colchas. Embora também saibamos que não para por aí. A imaginação e os recursos fizeram-nos ver também malas deste tipo, almofadas e vestuário de moda. Porque tanto o Patchwork quanto o quilting são técnicas intimamente relacionadas, que podem andar juntas.

O que você precisa para fazer Patchwork em casa?

Material para fazer patchwork em casa

Às vezes pensamos que pode ser complicado começar nesta técnica. Nada poderia estar mais longe da verdade. Uma vez que além de se deixar levar pela imaginação, pode criar as suas próprias malas, colchas, etc. Lembre-se que por ser feito de pequenos restos ou pedaços de tecido, é sempre uma forma ideal de reciclar. Quer saber o que precisa para começar?:

  • Base ou tábua de cortar: é uma superfície que evita que você arranhe sua mesa. O que pode ser definido como um protetor, que também contém medidas em polegadas e centímetros. Claro, sempre vai depender do que você escolher.
  • cortador de tecido: Embora você pense que as tesouras são básicas, neste caso nem tanto. É melhor optar por cortes mais limpos e precisos que os cortadores nos deixarão. Claro, eles são especiais para este trabalho. Possuem uma peça redonda e rotativa que vai se movimentar pelo tecido, evitando que ele se desfie.
  • Regra: Sem dúvida, um elemento básico na hora de cortar tecidos. Tente torná-los largos e rígidos para que durem muito mais tempo.
  • Máquina de costurar: Para poder fazer o trabalho mais limpo e com melhor acabamento, a máquina de costura é a melhor aliada. Um pouco mais abaixo você terá uma seleção dos melhores modelos de máquinas de costura para patchwork e quilt.
  • Ferro: Um ferro também garante um acabamento perfeito. Cada costura que você fizer precisará de um ferro de passar.
  • os tecidos escolhidos: É sempre melhor ter certeza de escolher boas roupas para que nosso trabalho também tenha um resultado melhor. Neste caso, são necessários tecidos de qualidade. Tanto a seda quanto o linho ou a lã e a flanela são perfeitos, assim como o 100% algodão.
  • Agulhas, alfinetes e dedal: Quando temos um trabalho de costura à vista, eles são essenciais.
  • Papel e lápis: Vamos precisar do papel para fazer os moldes. Os lápis podem ser preto e branco.
  • fita métrica e linha: Vamos usar fio de algodão. Tanto nos tons de bege quanto no básico preto ou branco, já que são os tons mais requisitados.

As melhores máquinas de costura para patchwork 

Maquinas Características Preço
Cantora Starlet 6699

Cantora Starlet 6699

-100 programas de pontos
-12 posições
-6 casas de botão automáticas de um passo
314,00 €
Ver ofertaNota: 9 / 10
Singer Patchwork 7285Q

Singer Patchwork 7285Q

-98 pontos
-13 posições
-6 casas de botão de um passo
340,00 €
Ver ofertaNota: 8 / 10
Irmão CX70PE

Irmão CX70PE

-70 pontos
-12 posições
-7 casas de botão automáticas de um passo
299,99 €
Ver ofertaNota: 9 / 10
Alfa Zart 01

Alfa Zart 01

-404 pontos
-12 posições
- Caseado automático de um passo
619,00 €
Ver ofertaNota: 7 / 10
Bernina Bernette Costura e GO 8

Bernina Bernette SEW&Go8

-197 pontos
-15 posições
-7 casas de botão em uma etapa
369,99 €
Ver ofertaNota: 9 / 10

comparador de máquina de costura

Cantora Starlet 6699

Esta máquina de costura tem dimensões de 46 cm de comprimento, 27 cm de largura e 37 de altura. Tem um total de 100 pontos, dos quais cerca de 76 são decorativos, 9 básicos e 8 flexíveis.

Seu enfiador é automático, assim como a seleção de pontos. Falando neles, deve-se mencionar que eles podem atingir 6,5 mm de largura. Além disso, possui uma luz LED e um botão para voltar.

Singer Patchwork 7285Q

Neste caso, encontramos outra máquina Singer. Possui 98 tipos de pontos, entre os quais 15 serão para quilting, 8 para tecidos elásticos e 61 decorativos. Ele também tem 13 posições de agulha.

A largura do ponto pode chegar a 7 mm. Suas dimensões são 34cmx44cmx35. É uma máquina eletrônica, com a qual você obterá resultados profissionais na técnica Patchwork.

Não esquecemos sua função de agulha dupla e também, para tecidos mais grossos, você pode alternar entre duas alturas de calcador.

Irmão CX70PE

Um novo modelo de máquina de costura eletrônica. Destinado a Patchwork e quilting, com o qual você obterá um resultado profissional. Você pode usá-lo tendo ou não noções no mundo da costura.

Você não precisa de um pedal para usá-lo. Possui 7 estilos de caseado, enfiador automático, luz LED e botão reverso. O comprimento do ponto pode chegar a 5mm, enquanto a largura do mesmo a 7mm. Sua velocidade é de 850 pontos por minuto. Com 6 dentes de transporte e altura dupla do calcador.

Alfa Zart 01

Além dos 404 pontos e com memória, esta máquina também possui 18 pontos Patchwork. É fácil e confortável de manusear. Perfeito para fazer todas as tarefas que você imaginar. Possui tela LCD e braço livre.

Além disso, possui 2 alfabetos com símbolos, altura dupla do calcador, passador de linha automático e controle de velocidade do ponto.

Bernina Bernette

Outra das máquinas elétricas e perfeita para quilting e Patchwork. É um dos modelos mais completos que você pode encontrar Enfiador automático, braço livre e sistema de partida potente.

Mas é também que tem 15 posições de agulha e 197 pontos diferentes. Para criar estilos diferentes, possui funções de memória. Assim, podemos salvar as melhores criações.

Como fazer Patchwork

De referir que existem várias técnicas que temos disponíveis para fazer Patchwork. Veremos pouco a pouco os mais comuns. Mas para começar e em linhas gerais devemos procurar pedaços de pano, com quem vamos trabalhar. O ideal é cortá-los todos da mesma forma. Ou seja, quadrado ou hexagonal, por exemplo.

Quando tiver pensado na forma que lhes vai dar e antes de cortar, tenha em atenção que deve deixar meio centímetro extra de cada lado. porque vai nos ajudar costurar os pedaços de tecido. Feito este passo, vamos juntar as peças como quisermos. Primeiro com alfinetes e depois vamos costurá-los para obter o resultado final esperado.

https://www.youtube.com/watch?v=qTEw4xgWChQ

Como fazer Patchwork sem agulha

Cada vez mais, a técnica Patchwork sem agulha está se tornando a grande favorita. Mais do que tudo por causa de sua grande simplicidade. Você pode colocá-lo em prática quando o design é um pouco elaborado. Por exemplo, para fazer imagens de Patchwork. Esta técnica também é chamada de 'Falso Patchwork', porque Você não precisa de agulhas ou linha.

Para começar, você precisará tecidos de cores diferentes, papelão ou uma base de poliestireno. Além de um cortador e uma pistola de cola ou silicone.

A técnica é muito simples, como mencionamos anteriormente. Primeiro, você precisa transferir o design escolhido para a superfície. Ou seja, ao papelão ou à base de poliestireno que você comprou. Em seguida, você cortará o padrão que forma o desenho ou desenho. Vamos colocar cada padrão no tecido e recortar, mas tendo em mente que devemos sempre deixar alguns milímetros de margem.

Estaremos colocando os pedaços de tecido para cobrir e preencher nosso desenho. Vamos corrigi-los com a cola e pronto.

Quais tecidos escolher para Patchwork sem agulhas?

É verdade que também neste caso tecidos de algodão são perfeitos. Mas você também pode optar pela seda. Embora, neste caso, você tenha que ser muito preciso, pois escorrega muito. Com o linho, você fará com que suas pinturas ou seus trabalhos em geral tenham uma aparência mais profissional. Se você não sabe muito sobre essa técnica, fique com os tecidos mencionados. Mas se você já é um pouco experiente também pode trabalhar com tecidos sintéticos. Eles são um pouco mais complicados, mas não impossíveis.

Aplicações de retalhos

Colchas

colcha de retalhos

Uma maneira perfeita de cobrir sua cama. Além de ter uma longa tradição, trará um estilo pessoal e muito lisonjeiro a cada quarto. Por um lado, aqueles com cama de casal serão sempre combinados com as cores do quarto.

As tons pastel e estampas florais Estão entre os mais escolhidos para dar o toque mais quente. Esse tipo de colchas de retalhos Eles também adicionarão um estilo decorativo com pinceladas vintage e retrô. Por outro lado, encontramos colchas infantis, onde as cores e desenhos mais marcantes serão os protagonistas nos quartos dos mais pequenos.

sacos

Outra das grandes ideias desta técnica é vê-la refletida na Sacos. Sem dúvida, eles também podem ser muito criativos. Compostas por peças de tecido coloridas e estampadas, serão perfeitas para revestir um tipo de sacola, ou um saco para levar às compras.

Almofadas

Almofadas de retalhos

Nós os usamos tanto para a sala de estar quanto para os quartos. Não só com uma função específica na hora do intervalo, mas também como detalhe decorativo. Assim, a técnica Patchwork também nos ajuda a fazê-lo. Você só vai precisar do recheio e criar a capa da sua almofada. Você pode combinar cores e padrões e fazê-los em tamanhos diferentes. Decore sua casa com estes almofadas de retalhos!.

Poltronas

poltrona de retalhos

Tanto cadeiras, sofás e poltronas individuais podem ser decoradas com esta técnica. com leve inspiração vintage e nórdica, juntam-se duas grandes ideias para decorar os interiores da nossa casa. Porque você merece uma pausa em uma obra de arte! Aqui estão mais informações sobre como obter um poltrona de retalhos.

Padrões

Padrão para Patchwork

Como bem sabemos, graças à padrões de retalhos podemos ter ideias infinitas. Eles são a base de cada um deles, ou seja, os desenhos que vão nos inspirar ao longo do processo. De figuras a bonecos ou instrumentos e uma variada etc.


Quanto você quer gastar?

Ajudamos você a encontrar a melhor opção para você

200€


* Mova o controle deslizante para alterar o preço

Deixe um comentário

*

*

  1. Responsável pelos dados: AB Internet
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: seu consentimento
  4. Comunicação dos dados: Os dados não serão comunicados a terceiros exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento dos dados: Banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: Você pode limitar, recuperar e excluir suas informações a qualquer momento.